Inbound marketing: o que é e como aplicar no seu negócio

No Inbound Marketing, diferente do Marketing tradicional, a empresa cria estratégias e mecanismos de busca para ser encontrada e converter clientes.

O conceito de Inbound Marketing surgiu nos Estados Unidos e começou a se popularizar a partir de 2009. De lá pra cá, várias empresas passaram a investir nesse método para conquistar mais clientes, gerar mais vendas e obter mais reconhecimento de marca.

 

O objetivo do Inbound Marketing é atrair aqueles que realmente querem comprar do seu negócio, oferecendo materiais que os ajudem a entender suas dores ou sanar suas dúvidas.

 

Mas o que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing consiste em um conjunto de estratégias baseado na criação e compartilhamento de conteúdo pensado e desenvolvido para um público-alvo específico, conquistando assim a permissão para se comunicar com um potencial cliente e criar um relacionamento duradouro.

 

No Inbound Marketing são realizadas ações que atraiam o cliente para uma plataforma própria, seja o blog, ou seu site e trabalhar o relacionamento por meio de conteúdo personalizado e autoral. Esse conteúdo é excelente para segmentar e filtrar o público de acordo com o assunto ou o estágio da jornada de compra.

 

Quais as vantagens?

A primeira vantagem em relação ao marketing tradicional é que o Inbound Marketing é 62% mais barato. Não ter uma estratégia de atração do público-alvo é um fator determinante para os seus concorrentes te ultrapassarem.

 

É preciso ter em mente que as pessoas buscam soluções para os seus problemas diretamente na internet, podem ler emails em diferentes dispositivos e passam bastante tempo online nas redes sociais. Seu negócio precisa estar onde seu público está.

 

As etapas do Inbound Marketing

O método de atração do Inbound Marketing segue uma lógica em cada etapa. Toda estratégia de sucesso passa pela fase de atração, conversão, relacionamento, venda e análise.

 

Cada etapa se complementa, trilhando um caminho para a maior chance de sucesso nas suas vendas. E por isso, vamos explicar cada uma delas abaixo.

 

Atrair

A primeira etapa é a atração, um site sem tráfego não gera leads e sem eles não existem vendas e sem essa etapa, toda a estratégia fica comprometida. Ao invés de investir tempo e dinheiro interrompendo as pessoas, gastamos esse tempo atraindo as pessoas que se interessam pelo assunto. Você pode atrair o cliente com um blog, SEO, links patrocinados e até mesmo pelas redes sociais.

 

Conversão

Essa etapa complementa a anterior, se uma pessoa visitou seu site e executou uma ação de passar os dados em troca de uma recompensa ou benefício, ele acaba de avançar no seu funil de vendas. Para converter um lead, produza ofertas ou entregue materiais ricos como e-books, infograficos, webinars e etc. 

 

Relacionamento e Consideração

Nessa fase, você precisa continuar nutrindo os leads que se converteram com conteúdos úteis. É fato que nem todos que se converteram estão no momento de realizar uma compra, e cada negócio tem que definir sua jornada para saber o momento ideal para uma abordagem do time comercial.

 

Portanto, continue produzindo conteúdo útil focado em diversos problemas e estágios de compra, fazendo com que os leads avancem pelas etapas até estarem dispostos a realizar uma compra.

 

Venda

Todo esse trabalho prévio tem o objetivo de produzir oportunidade de negócio. Cada modelo de negócios tem uma jornada e geralmente, quanto maior o ticket, mais longo é o processo de vendas.

 

Nessa etapa, também é importante toda a sua equipe estar alinhada para saber a hora certa de abordar uma oportunidade gerada e de que forma fazer isso. Faça um ranking de interações e conversões de um único lead, criando padrões para um contato do time de vendas.

 

Análise

Por fim, é preciso analisar todo o processo e os resultados gerados através dele. Uma dos maiores diferenciais do marketing digital é a comprovação de retorno através de dados concretos. Analise todo o processo e veja quais ações devem continuar e quais podem ser aprimoradas.

 

Agora que você já sabe o que é Inbound Marketing, que tal começar a dar os primeiros passos nessa estratégia?

 

Veja também: Como usar o e-mail marketing na sua estratégia

Matilha Big Jungle
Criativos por Natureza
Especialistas no seu negócio

Deixe o seu comentário

Artigos Relacionados